Postagem em destaque

A Armadura de Deus

6 poderosas defesas contra os dardos inflamados do maligno. Você sabia que, além de escolhidos, chamados, servos, filhos e herdeiros, somos...

domingo, 12 de novembro de 2017

A Armadura de Deus

6 poderosas defesas contra os dardos inflamados do maligno. Você sabia que, além de escolhidos, chamados, servos, filhos e herdeiros, somos também soldados de Deus? É exatamente sobre isso que falaremos nesse post, querido leitor. Mostraremos como ter um viver vitorioso em Jesus, utilizando a armadura de Deus. Afinal, o maior propósito da armadura de Deus é que você se defenda e vença o inimigo todos os dias (Efésios 6:11). Ao lermos Efésios 6:12, é-nos indicado claramente que a luta de um cristão não é contra as pessoas que estão neste mundo, mas contra Satanás, que está no governo deste sistema. Nessa luta constante, venceremos apenas no espírito, aplicando o sangue de Cristo (Apocalipse 22:14-15). Não há como combater os principados e potestades, as forças espirituais do mal, em nossa própria carne. Por isso, a armadura de Deus nos foi dada e somos ordenados a nos revestir dela (Efésios 6:11). A armadura de Deus possui seis partes com significados espirituais valiosos. Cada um dos seus componentes está descrito em Efésios 6:14-18, conforme veremos a seguir. As #6 defesas da armadura de Deus armadura de Deus Soldado romano e os itens da armadura. #1: Cingir-se com a VERDADE – Efésios 6:14a nos diz: “Estai, pois, firmes, cingindo-vos com a verdade”. armadura de Deus Os soldados eram cingidos com um cinto que serve como suporte para a espada. A verdade é a primeira defesa da armadura de Deus. A verdade é a palavra de Deus. O número cinturões variava entre 1 e 3. Essa quantidade tinha como objetivo proteger e também servir de apoio para a espada (que também representa a palavra de Deus, como veremos a seguir). O cinto da verdade garantia defesa do quadril e protegia dos golpes baixos. O maior golpe baixo do inimigo é a mentira. A verdade e a mentira são opostas; Deus é a verdade e o inimigo é a mentira. O significado da palavra cingir é cobrir-se. No entanto, existe um significado ainda mais profundo: incluir em nosso interior. Cingir-nos significa mais que nos cobrir com a verdade, deixando de dizer mentiras. Cingir-nos significa viver a verdade, deixando-a fazer parte de nosso ser, incluindo-a em nosso interior. A palavra como cinto bem preso ao corpo do soldado representa que devemos ter um relacionamento íntimo com as escrituras da Bíblia. Isso significa ter as palavras de Deus bem perto, na nossa boca e no nosso coração (Dt 30:14). Jovem, percebe a importância da palavra em seu viver? Tenha contato com a palavra, encha-se de espírito e vida (Jo 6:63). Cuide sempre de manter a leitura da bíblia. Essa prática é um dos 5 exercícios da academia de Deus. Vale a pena! #2: Vestir-se da couraça da JUSTIÇA – No versículo 14, parte b, nos diz: “e vestindo-vos da couraça da justiça”. armadura de Deus A couraça era feita de metal ou couro. Era colocada sobre peito e abdômen para proteger o coração e outros órgãos vitais do soldado. Jovem, um dos “órgãos” que o inimigo mais ataca é o nosso coração. Por isso, precisamos guardá-lo, porque dele procedem as fontes da vida (Pv 4:3). O coração é composto de mente, vontade, emoção e consciência. O livro “A Economia de Deus”, capítulo 7, mostra isso de forma bem explicada. Se você quiser, você poder baixar um exemplar de distribuição gratuita, basta clicar aqui para baixar. O coração está envolvido em toda nossa experiência cristã, pois sua função é amar a Deus (Mc 12:30). O amor a Deus está presente quando cremos, quando somos batizados e quando vivemos a vida cristã. Sem amor, não é possível vivermos nenhuma experiência espiritual. Por isso, esse órgão é muito valioso. Uma vez ferido pelo inimigo, a sua função original é atingida. Não amar a Deus pode gerar marcas e sequelas. Por isso, vista-se com a couraça da justiça! Seja justo consigo mesmo, aplicando a Palavra de Deus em seu viver para formar defesas que guardam o seu coração contra os dardos inflamados de Satanás. #3: Calçar os pés com o evangelho da PAZ – O capítulo 6, versículo 15, nos diz: “calçai os pés com a preparação do evangelho da paz”. clip_image002_thumb[3] Os calçados são o evangelho da paz. Os nosso pés são muito importantes para Cristo, pois é através deles que vamos pisar no território do inimigo para resgatar pessoas para Deus. Como iremos fazer isso se os nossos pés não estiverem calçados com a preparação do evangelho da paz? Assim como os pés dos soldados precisam estar calçados para se proteger dos obstáculos perigosos, campos minados e doenças colocados por seus inimigos, também os nossos pés precisam estar envolvidos pelo evangelho. Assim, por onde andarmos vamos apresentar o evangelho de Deus e resgatar vidas! Ter os pés calçados com a preparação significa estar disposto a anunciar o evangelho por todo lugar, mesmo sendo o território do inimigo. Jovem, você está calçado? Está vestido da disposição de pregar o evangelho em todo lugar? #4: Embraçar o escudo da FÉ – O versículo 16 nos diz: “embraçando sempre o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos do Maligno.” clip_image002_thumb[4] O escudo é a fé. O escudo é uma arma de extrema importância na proteção contra o inimigo. O escudo mencionado nessa passagem é semelhante ao da imagem. Era um escudo grande que protegia a maior parte do corpo. O escudo cobre todas as brechas que o maligno usa para plantar dúvidas em nós sobre a Palavra de Deus. A dúvida, uma vez plantada em nosso coração, faz com que o inimigo encontre vários meios de nos fazer desanimar e completar sua ação, nos derrotando. Mas, se sustentarmos o escudo da fé com nossos braços por meio da oração, então fecharemos todas as brechas e dissiparemos os dardos inflamados do maligno. #5: Tomar o capacete da SALVAÇÃO – No versículo 17, parte a, vemos: “Tomai também o capacete da salvação”. clip_image002_thumb[2] (1) O capacete é a salvação. A cabeça é o membro que comanda o nosso corpo. Se esta apresentar fraqueza, tudo estará perdido. Essa fraqueza aparece principalmente dentro de nossa mente, nos levando a questionar Deus e o que Ele nos ensina. Jovem, tome o capacete! O capacete guardará a sua mente de ser atingida por outro evangelho, que não é o de Cristo. Com o capacete da salvação, somos guardados de todo o vento de doutrina que Satanás usa para perverter-nos. #6: Tomar a espada do ESPÍRITO – A sexta e última parte da nossa armadura está na parte b do versículo 17: “e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus.” received_1106474609366070 Tomar a espada do ESPÍRITO! Como o próprio versículo diz, precisamos tomar a palavra de Deus que é a nossa espada. A espada é a arma de ataque contra o inimigo de Deus. Arma maior não há! Através dela, vencemos todas as tentações que o maligno coloca diante de nós. A Palavra de Deus é o que nos alimenta, nos fortalece e nos encoraja a prosseguir. Alimente-se dela, todos os dias! Conclusão Para que as 6 partes da armadura de Deus funcionem adequadamente, precisamos orar em todo tempo no Espírito, vigiar com toda perseverança e fazer súplicas por todos os santos (Efésios 6:18). A oração é a chave para que você abra o armário em que está guardada a armadura de Deus. E a oração também é o “lubrificante” que você precisa para o bom funcionamento dela. Quando você orar, esse armário será aberto e a armadura que Deus preparou poderá ser usada. Ore sem cessar! Mantenha comunhão com Deus! Ele te revelará cada golpe e cada ação que você deverá dar contra o inimigo e VENCER! Use a sua armadura todos os dias! Para encerrar, que tal ouvir a música a seguir? Ela mostra as exatas funções da armadura de Deus e te ajudará a fixar a sua importância.

sábado, 11 de novembro de 2017

Dizimo do tempo

Esclarecendo um pouco o assunto sobre dízimo, a bíblia mesmo fala que devemos dar a Deus o que é de Deus. Devemos dar o dizimo sim, porém devemos dar com amor. Não por compromisso ou um fardo e sim para que o Senhor faça o melhor uso, pois o Deus sabe quem está fazendo uso correto do dizimo. Se um pastor está usando inadequadamente o dizimo de Senhor, com certeza haverá cobrança. Agora quero falar de outra parte do dizimo, talvez mais importante ou de igual situação. O dizimo que muitos pastores não fala ou não quer falar. dizimo do tempo e de tudo que você tem. Quando Deus fala que 10 por cento de TUDO que você tem. Fala de Tudo, para ele é importante o seu tempo para ele. Quanto tempo tem dado para Deus? Li em diversos lugares que o 10% por cento de um dia é 2 horas e 40 minutos e outros dizem que 2 horas e 24 minutos. Mas quanto tempo por dia tem dado a Deus? Você pode dar esse tempo de diversas formas. Orando, louvando , falando de Deus para alguém, lendo a sua palavra. Pois bem, Deus quer que você pense... Poderia dar pelo ao menos 24 minutos por dia, para ouvir sua voz? Seria equivalente a 1% por cento do seu tempo. Orando, ouvindo a palavra de Deus. Será um prazer ver você junto com a Web Rádio Servo Fiel, apresentar seu dizimo do tempo a Deus. Começaremos esse projeto em Dezembro e você é o nosso convidado.Somente 24 minutinhos por dia de Segunda a Sexta. Diga por favor sim a Deus nesse propósito. Deus te abençoe em nome de Jesus! Web Rádio Servo Fiel - Guardiã do dizimo do tempo.

domingo, 4 de junho de 2017

Davi e Golias

OS FILISTEUS foram novamente lutar contra Israel. Os três irmãos mais velhos de Davi estavam no exército de Saul. Certo dia, Jessé disse a Davi: ‘Leve cereais e pão aos seus irmãos. Veja como estão passando.’ Chegando ao acampamento do exército, Davi correu até à linha de batalha para procurar seus irmãos. O gigante filisteu Golias apareceu para zombar dos israelitas. Fez isso cada manhã e cada tardinha, por 40 dias. Ele clamou: ‘Escolham um homem para lutar comigo. Se ele vencer e me matar, seremos seus escravos. Mas, se eu vencer e o matar, vocês serão nossos escravos. Desafio vocês a escolherem alguém para lutar comigo.’ Golias e os soldados filisteus Davi perguntou aos soldados: ‘O que ganhará o homem que matar este filisteu e livrar Israel da vergonha?’ ‘Saul dará ao homem muitas riquezas’, disse um soldado. ‘E ele lhe dará sua filha em casamento.’ Mas todos os israelitas estavam com medo de Golias porque ele era muito grande. Tinha uns 3 metros de altura, e tinha outro soldado para carregar-lhe o escudo. Alguns soldados foram contar ao Rei Saul que Davi queria lutar contra Golias. Mas Saul disse a Davi: ‘Não pode lutar contra este filisteu. Você é apenas rapaz, e ele foi toda a vida soldado.’ Davi respondeu: ‘Matei um urso e um leão que haviam levado ovelhas de meu pai. E este filisteu será como um deles. Jeová me ajudará.’ Saul disse então: ‘Vá, e Jeová esteja com você.’ Davi desceu a um riacho para apanhar cinco pedras lisas, que pôs na sua bolsa. Depois tomou a funda e foi ao encontro do gigante. Vendo-o Golias, quase não acreditou. Achou que era fácil matar Davi. ‘Venha para cá’, disse Golias, ‘e eu vou dar seu cadáver às aves e aos animais’. Mas Davi disse: ‘Você vem a mim com espada, lança e dardo, mas eu o enfrento no nome de Jeová. Hoje, Jeová entregará você na minha mão e eu o golpearei.’ Então, Davi correu em direção a Golias. Tirou uma pedra da bolsa, colocou-a na funda e atirou-a com toda a força. A pedra atingiu Golias bem na cabeça, e ele caiu morto! Vendo os filisteus que seu campeão havia caído, todos fugiram. Os israelitas correram atrás deles e venceram a batalha. 1 Samuel 17:1-54.